Arquivo da categoria: Sanitário compostável

Galeria

Chácara do Professor – Sinpro: obras avançam

Esta galeria contém 13 fotos.

CHÁCARA DO PROFESSOR – SINPRO-DF DF – 001, BRAZLÂNDIA, BRASÍLIA PROJETO: 2011 Projeto do arquiteto Sérgio Pamplona – Arquinatura. Detalhamento e execução das estruturas de cobertura em bambu por Frederico Rosalino da Bioestrutura Engenharia.  Administração e execução geral da obra por … Continuar lendo

Casa da Taynã

Condomínio São Francisco 2, Tororó, Brasília, DF

Casa que apenas começa a ser planejada. Será uma edificação pequena, feita em superadobe, para jovem mulher e seu filho, com telhado vivo, sanitário compostável e captação de água de chuva.

Maquete eletrônica

Situação, locação, planta baixa, cortes e fachadas

Centro Vocacional Tecnológico da Mandiocultura

Araripina, Pernambuco

Projeto em estágio de anteprojeto, paralisado à espera de definições do contratante.
Terá paredes de adobes estabilizados com manipueira (subproduto) do processamento da mandioca, ventilação natural, coleta e aproveitamento de água de chuva, além de sanitário seco.

Plantas

Projeto para o Concurso do Parque das Aves

Brasília, DF
Projeto: 2005

Projeto de ocupação para o Parque das Aves, entre o zoológico e a estação da ponta da Asa Sul do metrô. Previa, além do paisagismo das áreas, o aproveitamento da água pluvial do final do Eixão Sul para abastecer e infiltrar-se em laguinhos no parque, tirando partido da topografia existente. Previa também um Centro Permacultural totalmente sustentável, com paredes portantes de barro (técnica do cob), coberturas viva e de palha, sanitários secos, e um grande Centro Cultural que seria uma grande passarela coberta com telhado vivo e estruturada em bambu.

Planejamento do sítio e vistas externas

Centro do Produtor

Alto Paraíso, Goiás
Projeto: 2000 Construção: 2000/01

Implantação de projeto para apoio e capacitação em técnicas agroecológicas do produtor rural da região de Alto Paraíso. Planejamento permacultural do terreno e construção do centro com materiais locais (adobe e eucaliptos), sanitários secos e viveiros integrados. Infelizmente, não foi concluído pela prefeitura.

Vistas externas

Centro Agroecológico da Escola Agrícola Federal de Ceres

Ceres, Goiás
Projeto: 2004  Construção: 2004

Espaço para cursos e palestras construído na borda de uma mata nativa com materiais locais e sanitário compostável. Trata-se de uma arena coberta que tira partido da declividade natural do terreno. Uma grande tesoura treliçada em madeira garante o vão de 11 metros.

Arena - vistas externa e interna

Arena - vistas interna e externa

Casa da Shakty

Condomínio Verde, Brasília, DF
Projeto: 2005 Construção: 2005/6

Casa modelo de sustentabilidade, tem as paredes portantes de barro cru, executadas em taipa de pilão, sem colunas, pintadas com tintas à base de terra e cola. Possui ainda sanitários secos, sistema de aquecimento solar, captação de água de chuva e uma implantação que preservou o cerrado existente no terreno e respeitou a topografia.

Construção de paredes com técnica taipa de pilão

Fachada frontal e lateral

Acabamento com pintura natural

 

Sítio Geranium – benfeitorias

NRT, SAMAMBAIA, BRASÍLIA DF
PROJETO: 2009-2010-2011      CONSTRUÇÃO: 2009-2010-2011

O sítio Geranium é um centro de estudos, eventos, aplicação e práticas de agroecologia e tecnologias sustentáveis (Veja site: http://www.sitiogeranium.com.br/). Com área de 13,6 hectares e situado às margens do Ribeirão Melchior, dentro da Área de Relevante Interesse Ecológico Juscelino Kubitschek (Arie/JK), o Sítio Geranium funciona desde 1986.

O local já dispõe de ampla infra-estrutura. Contudo, há um processo contínuo de aprimoramento. Nesta perspectiva a Arquinatura já desenvolveu projetos para a implantação de sanitário compostável(2009) e piscina ecológica(2010). No momento está em projeto a reforma da casa dos proprietários do  sítio.

Vista posterior do sanitário compostável - detalhe dos compartimentos de coleta

Interior do sanitário compostável

A piscina ecológica foi projetada em local onde havia um açude.  Portanto, houve o aproveitamento de drenagem pluvial para desenvolver a piscina. O tratamento da água está sendo implementado por meio de um processo de tratamento natural da água com filtros biológicos de plantas aquáticas.

Trajetória da água passando por plantas aquáticas

Além da função de lazer para os visitantes a estrutura embeleza o local com seus elementos paisagísticos: plantas, flores aquáticas e cascata usando estratégia de flowforms (imitação da forma natural de fluxo da água).

Estrutura com flowforms

Chácara do professor – SINPRO-DF

CHÁCARA DO PROFESSOR – SINPRO-DF
DF – 001, BRAZLÂNDIA, BRASÍLIA
PROJETO: 2011

Centro de referência em educação ambiental na chácara do Sindicato dos Professores no Distrito Federal, com área total de 3.600m².

O projeto iniciou com a implantação de uma área para eventos ao ar livre, inaugurada na festa junina deste ano. Veja reportagem em: http://www.sinprodf.org.br/festa-junina-do-sinpro-com-muita-musica-e-quadrilha-foi-um-sucesso/).

Na continuidade estão previstos outros edifícios, a citar:

  • Centro de Referência
  •  Oca
  • Bloco Multiuso e Reuniões
  • Sanitário Compostável
  • Quadra poliesportiva
De forma geral serão aplicadas técnicas de bioarquitetura nas edificações. Abaixo ilustramos o planejamento amplo da propriedade e algumas estruturas e estratégias  construtivas específicas.
Planta baixa do conjunto

Corte do conjunto com indicação de algumas técnicas construtivas ecológicas

Fachada sul do Centro de Referência

 

Quadra poliesportiva

Casa de Carla Cartocci

Condomínio Portal das Artes, Cavalcante, GO
Projeto: 2007    Construção: 2008
Casa goiana bastante próxima ao estilo vernacular de construir. Projeto ecológico: adobes estruturais feitos de barro local, sanitários secos, forno solar anexo à cozinha, captação de água de chuva, aquecimento solar de água, sistema de ventilação natural, tintas à base de terra local, entre outras características.